Comic World

Heroína ao acaso (T1 - Marcelle)

Ir em baixo

Heroína ao acaso (T1 - Marcelle)

Mensagem por Eve F. em Sab Mar 31, 2012 11:40 am

Era mais um dia entediante. Fim de tarde, rush, avenidas super movimentadas e pessoas que pareciam formigas, no vai-vem sem fim de um fim de expediente em plena sexta-feira. Marcelle saía de seu trabalho, juntando-se à massa que voltava às suas casas, enquanto ouvia o zumbido infernal de incontáveis pensamentos:
- Droga, as pessoas podiam pensar em coisas alegres! - pensava, ao ouvir os lamentos das pessoas que estavam mais perto de si. Até que que passou um homem cujos pensamentos eram aterrorizantes. Como ele já afastava-se, não ouviu-o direito, mas sabia que planeava algo muito ruim. Apressou o passo, tentando manter-se longe o suficiente para não ele não notar-lhe a presença, mas perto o bastante para ouvir seus pensamentos. Ele começou a diminuir seu ritmo, Marcelle fez o mesmo, e finalmente ele percebeu que ela estava seguindo-o:
- Droga, eu sei que sou bonito, mas esta garota precisa ficar no meu pé logo hoje? - pensava.
Marcelle ouviu-o atônita, comprimindo a custo uma risada. Eles já estavam perto de um colégio, e pôde ouvir melhor seus pensamentos:
- Uhm, já está quase na hora! É hoje que ganhamos um bom dinheiro, mano! É só tu fingires bem, Carlitos, seja um ótimo ator e estaremos feitos. Apesar que a tal da Hellen deve ser uma patricinha insuportável, mas eu dou um jeito nela... posso até me divertir com métodos nada convencionais hihihi
- Céus, isso não é nada bom! - pensava a jovem. - Mas como farei algo, nem sei quem é o alvo! O colégio é imenso, existem zilhões de garotas que estudam aqui... Mas se eu ficar aqui, ele certamente desconfiará...
- Aquela moça não pára de me olhar... Vou pegá-la, ainda tenho alguns minutos mesmo... - pensava, enquanto vinha em direção à Marcelle.
- Droga, e ainda mais essa! - pensava, já com nojo.
- Olá, moça, está tudo bem? dizia ele.
- Ah sim, por que não estaria? - dizia, desconsertada.
- Ora, percebi que você estava me seguindo... gostou do produto aqui? Garanto, esses músculos não são bomba! - dizia, aproximando-se ainda mais dela.
- Ai meu pai, como faz para sair desta situação? - pensava, aflita.
Então chegou um BMW preto, um carro realmente que destacava-se entre os demais. O rapaz percebeu, arrumou algo que encontrava-se em sua cintura, e sussurou-lhe em seu ouvido:
- Desculpa gata, mas trabalho em primeiro lugar...
Uma garota tipicamente "patricinha" entrava no BMW, enquanto o rapaz rendia o motorista. Apesar de falarem-se agressivamente, Marcelle percebeu que tu era uma grande encenação, já que o motorista era parceiro do homem. Sem pensar, ela correu até o carro, deu um chute nas partes baixas do homem que há pouco estava a cantar-lhe, empurrou o motorista que já havia levantado-se do carro e assumiu a direção. Sequer fechou a porta, arrastou o carro o mais rápido que conseguia, enquanto o motorista e o outro homem tentavam (em vão) alcançá-la:
- Mas que mer... como você deixou isso acontecer? faça algo! - dizia o motorista.
O outro homem sacava uma arma, enquanto Marcelle fechava a porta do carro:
- Ahhhhhhhh, estou sendo sequestrada?
- Garota, isso não é hora de dar piti. Deita no banco traseiro, agora! - respondia, mau-humorada, enquanto pisava fundo no acelerador. A garota não obedeceu, e Marcelle gritou mais assustadoramente. - Deita ou morre, garota!
A menina, morrendo de medo, obedeceu-a, e não tardou a tiros ecoarem tentando acertar o carro. Pelo retrovisor, Marcelle percebeu o malandro que há pouco paquerava-lhe pilotando uma moto, enquanto tentava acertar algum tiro nos pneus, para obrigá-la a parar. Assim sendo, ela acelerou ainda mais, enquanto ziguezagueava por uma avenida o quanto podia. Sabendo que mais à frente seria quase inevitável sua parada, diminuiu a velocidade, deixou-se emparelhar à moto, e jogou o carro por cima desta, derrubando-a e machucando seriamente o homem. Sem um pingo de remorso, continuou o caminho, mas havia um grande engarrafamento... Não teve dúvidas, aproveitou-se da larga calçada e seguiu por esta, afugentando os pedestres. A garota estava sem reação alguma, e quando viu-se fora de perigo, Marcelle gentilmente perguntou-lhe:
- Onde moras? Ah, desculpe-me pelos estragos no carro... não tenho pagar, mas como salvei sua vida, acho que estamos kits, certo?
A menina ainda estava em estado de choque, então Marcelle decidiu ir até alguma delegacia. Estacionou o BMW, buzinou zilhões de vezes e seguiu até uma praça ali perto. Os policiais socorreram a jovem, enquanto perguntavam aos transeuntes quem havia abandonado o carro ali. Aproveitando-se da vasta área arborizada ao longo do rio Capibaribe (Recife), escondeu-se e foi andando furtivamente entre os galhos da vegetação ribeirinha em direção oposta à que os policiais seguiam, conforme instruções dos que haviam visto Marcelle. Fizeram uma busca, mas como nada encontraram, não tiveram escolha a não ser descobrir o que acontecera à garota. Com o ambiente mais calmo, Marcelle saiu de seu esconderijo, indo calmamente até um ponto de ônibus:
- Nossa, que contramão será agora para chegar em casa! Bem, mas valeu a pena, aquela garota apesar de fútil, não merecia um destino tão cruel - pensava, contente por ter conseguido algo de bom.
avatar
Eve F.
Administrador
Administrador

Barra de Respeito das Regras :

Mensagens : 234
Idade : 26

Ficha do personagem
Nome: Marcelle Almeida
Localização: Recife, Brasil
Dinheiro: 750 caps

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heroína ao acaso (T1 - Marcelle)

Mensagem por Suaztik em Sab Mar 31, 2012 12:43 pm

Reservado!

Leitura de Pensamentos - +2
Mestre de Fugas - 2

Gostei do treino e da forma como leste os pensamentos, mas para a próxima lê mais pensamentos! Wink
Achei o texto um pouco confuso, não percebi se a Marcelle se escapou a alguma coisa Razz


Última edição por Suaztik em Sab Mar 31, 2012 1:22 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Suaztik
Administrador
Administrador

Barra de Respeito das Regras :

Mensagens : 531
Idade : 22
Localização : under your bed

Ficha do personagem
Nome: Kayzuke Takai
Localização: Miami, EUA
Dinheiro: 250 Caps

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heroína ao acaso (T1 - Marcelle)

Mensagem por Eve F. em Sab Mar 31, 2012 12:51 pm

PS- sorry pelos erros, escrevi às pressas diretamente no fórum, não revisei antes de postar Razz

*ela estava escapando do sequestrador da garota, e depois dos policiais, mas não me fiz entender bem, gomenasai! Embarassed
avatar
Eve F.
Administrador
Administrador

Barra de Respeito das Regras :

Mensagens : 234
Idade : 26

Ficha do personagem
Nome: Marcelle Almeida
Localização: Recife, Brasil
Dinheiro: 750 caps

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heroína ao acaso (T1 - Marcelle)

Mensagem por Suaztik em Sab Mar 31, 2012 1:22 pm

Editado! Wink
avatar
Suaztik
Administrador
Administrador

Barra de Respeito das Regras :

Mensagens : 531
Idade : 22
Localização : under your bed

Ficha do personagem
Nome: Kayzuke Takai
Localização: Miami, EUA
Dinheiro: 250 Caps

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Heroína ao acaso (T1 - Marcelle)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum