Comic World

Chapter 12 - Seduced

Ir em baixo

Chapter 12 - Seduced

Mensagem por mary em Qui Maio 03, 2012 4:13 am

Chapter 12 – Seduced


As cinco como combinado fui ter a biblioteca da escola. Subi as escadas e abri a porta. Ui, que ele era pontual. Lá estava ele numa mesa sozinho com a mesma posição de sempre: Pés cruzados e mãos atrás da nuca. Mordisquei o meu lábio. Que tentação. Será que é a isto que muitas chamam deuses gregos? Só opinaria depois de o ver sem t-shirt. Ri-me por dentro. Optei por pôr uma mascara de valentona e depois logo se via o que acontecia.
- Cheguei. – Mandei com as coisas para cima da mesa e sentei-me tentando não olhar para ele.
- ‘Tou a ver que sim. – Comentou. – Já reuni algumas informações. Fiz cópias, toma. – Deu-me uns papéis sobre Paris, olhei para ele. – Que foi?
- És estranho. E irei meter na minha lista que és competente. – Olhei para ele, séria.
Ele quase que sorriu.
- Popular?
- Sim. – Admiti. – Apenas ando com uns problemas nesse campo. – Sorri forçada.
- Dá trabalho, mas depois é um bom resultado.
- Ai sim? – Apoiei o meu queixo na palma da mão, o meu decote apareceu.
Ele riu-se e olhou para mim.
- Não me vais conquistar mostrando o decote. – Fiquei atrapalhada agora. Mas logo assumi um papel sério e olhei para ele.
- Não estava a fazer isso. – Encostei-me à cadeira com os braços cruzados.
- Sério? Olha-me nos olhos e diz-me que não me queres. – Ele estava a sorrir que nem um convencido.
- Não o vou fazer. – Olhei para ele tentando conter o embaraço. – És parecidinho a um amigo meu. – Revirei os olhos.
- Não gosto de cópias.
Não lhe respondi.
- Eu sei como é o teu tipo de miúda. Vê, gosta, atira-se, conquista, manda fora.
Abri a boca em estado de espanto. Como é que ele podia estar a falar comigo assim? Semicerrei os olhos.
- Como se soubesses algo de mim.
- Sei muito. – Cruzou os braços e inspirou calmamente.
- Uhhh, não me digas que pertences a uma unidade ultra secreta que sabe tudo sobre a minha vida! – Afirmei em tom de pergunta e olhei para ele, boquiaberta.
Ele sorriu com os dentes todos.
Revirei os olhos, até que senti algumas presenças ao meu lado. Desviei o olhar dele para eles.
- Olá. – Disse a rapariga loira num tom forçado.
- Adeus. – Disse levantando-me e pegando nos papéis, zangada, e olhando para ele. Ele mantia toda a calma e sorria-me, convencido. Sai da biblioteca.

***

O tempo tinha mudado radicalmente. Estava a chover a potes, e eu não tinha boleia para casa. A Bianca já tinha saído da escola para ir ter com o Nuno. Podia simplesmente ligar ao Erik para me ir buscar, mas não lhe ia dar esse trabalho todo. Podia também pedir a alguém, mas não estava disposta a isso. Meti o carapuço da minha gabardina e caminhei apressadamente pela rua abaixo. Passou um carro que com velocidade atravessou uma poça que me molhou toda. Refilei de irritação. A minha roupa estava toda suja e molhada. O carro preto parou lá a frente, e depois fez macha à trás e parou ao meu lado. Comecei a andar mais depressa.
- Desculpa pela molha. – Olhei para o lado com os olhos semicerrados. Alex. Tinha no rosto um sorriso trocista. Já começava bem.
- Oh, não faz mal! Também já precisava de tomar banho. – Refilei ironicamente e caminhei mais depressa.
Ele avançava lentamente com o carro.
- Entra no carro. – Disse-me. Parei.
- Quê?
- Entra no carro, deixa-me levar-te a casa. – Alex estava sério agora, parecia falar a sério.
- Obrigada, mas já estou quase a chegar a casa. – Menti.
- Mentirosa.
- Como te atreves a chamar-me mentirosa? – Mudei o peso do meu corpo de uma perna para outra e cruzei os braços.
- Sei ver quando alguém mente. Vais entrar no carro ou não?
- Não aceito boleia de estranhos. – Recomecei a andar.
- Não sejas assim. – Ouvi-o a rir-se.
- Não me moldo como os outros querem. – Ataquei parando e virando-me para ele novamente.
Continuava a chover e eu ali, feita parva, a apanhar uma molha.
- Nem eu quero que o faças. – Fez um sorriso ligeiro. Arrepiei-me quando o disse.
- Não quero saber. – Olhei para outro lado.
A porta do carro foi aberta e ele saiu metendo-se à minha frente, debaixo de toda aquela chuva.
Quando ele se aproximou voltei a ter a sensação de havia algo de errado com ele. A aproximação dele fez-me arrepiar. A t-shirt dele estava agora toda molhada e colada ao seu corpo fazendo com que os seus abdominais se sobressaíssem. Minha nossa.
Eu afastei-me.
- Tens medo de mim, é? – Vi que ele sorria.
- Não.
- Então porque é que te afastas-te?
Não lhe respondi.
- Vamos jogar ao silêncio, queres ver. – Comentou olhando para mim. – Vais apanhar uma constipação ao estares aqui a apanhar chuva.
Continuei sem lhe responder.
Aproximou-se mais de mim.
- Porque é que estás aqui? – Perguntei.
- Despertaste a minha atenção. – Aproximou-se ainda mais fazendo com que eu tivesse de olhar para cima, semicerrando os olhos por causa da chuva.
- Que bom. – Comentei. Mas não podia ignorar a sensação que aquilo me dava. Adrenalina, perigo, e satisfação.
Ele pegou no meu queixo e ergueu-o para si, fazendo com que eu olhasse ainda mais para ele. Aproximou-se bastante até estarmos mesmo cara-a-cara. Será que me ia beijar? Oh meu deus.
Ele aproximou a boca do meu ouvido e sussurrou:
- Sei que pensas que te vou beijar, mas entra mas é no carro.
Ao ouvir aquilo, empurrei-o furiosa e dei-lhe uma chapada.
- Vou a pé, deixa estar. – Comecei a caminhar furiosa por ele me ter feito aquilo. Ninguém brincava comigo, muito menos daquela maneira. Ele agarrou-me o braço e eu girei até ir contra ele. Estava ainda mais irritada por ele me manipular daquela maneira.
- O que é que queres? – Perguntei tentando afastar-me mas sem sucesso.
- Tu. – Sorriu.
- Estás a tentar seduzir-me…
- E estou a conseguir. – Baixou a sua cabeça um pouco até chegar à minha boca e no meio daquela chuva toda roçou os seus lábios nos meus beijando-me. Meti os meus braços ao redor do seu pescoço enquanto ele metia os deles na minha anca.


*À noite algures em Portugal…*

- Para que é esse sorriso todo? – Perguntou a loira ao rapaz vestido de preto e ainda encharcado da chuva.
- Ela está a cair que nem um patinho. – Riu-se da situação e olhou para ela que revirava os olhos. – Não tenhas ciúmes.
- Ela tem ciúmes. – Comentou o rapaz de cabelo castanho. – Ainda bem que o plano está a ir bem. Estamos há quatro dias naquela escola e eu já me fartei de tanto humano sem poder tocar-lhes.
A rapariga loira semicerrou os olhos olhando para o corpo do rapaz encharcado. – Beijaste-a à chuva?! – O seu rosto adquiriu uma expressão de espanto.
- Teve de ser. Soube bem até. Ela arma-se em difícil, mas é muito fácil, basta usar os truques certos. – Gabou-se. – Vai ser fácil e rápido.
O rapaz de olhos castanhos tentou conter o riso em relação àqueles dois, mas não conseguiu.
- Vê lá se não te apaixonas por aquela puta. – Avisou-o cruzando os braços e levando o seu olhar para outro lado.
- Ela não é puta nenhuma, e eu vou-me divertir bastante, aliás, ela não é nada de deitar fora.
A rapariga saiu da sala indignada e os dois rapazes ficaram a rir-se.
avatar
mary
Cidadão
Cidadão

Barra de Respeito das Regras :

Mensagens : 364
Idade : 22
Localização : In your room! 444

Ficha do personagem
Nome: Shannon Bessi
Localização: Estados Unidos (América do Norte)
Dinheiro: 250 caps.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chapter 12 - Seduced

Mensagem por Shadow em Qui Maio 03, 2012 4:26 am

Sempre soube que um char com o meu nome iria seduzir qualquer uma ^^
Gostei mais deste que do anterior Very Happy
Keep going.

__________________________________


Wild girl appears. It's super effective:
avatar
Shadow
Administrador
Administrador

Barra de Respeito das Regras :

Mensagens : 331

Ficha do personagem
Nome: Noctis Lucis Caelum/ Jack Hayter
Localização: Manhattan, New York
Dinheiro: 480 Caps

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chapter 12 - Seduced

Mensagem por Tixa em Qui Maio 03, 2012 4:32 am

Tu postas fillers ao mesmo ritmo que os coelhos se enrabam, passo a expressão. ._.

Um beijo à chuva, que poderá haver de mais romântico? Oh wait... Cool (Lembrei-me de uma anedota porca, mas não vou andar a corpurscar mentes jovens xD)

E... quem anda à chuva... molha-se! XD
avatar
Tixa
Cidadão
Cidadão

Barra de Respeito das Regras :

Mensagens : 228
Idade : 26
Localização : Na tua casa de banho

Ficha do personagem
Nome: Catriona Isabel MacKenna Pedrosa
Localização: Lisboa, Portugal, Europa
Dinheiro: 1000 caps

Ver perfil do usuário http://pordosolinvertido.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chapter 12 - Seduced

Mensagem por Eve F. em Qui Maio 03, 2012 4:50 am

Tatia sempre fazendo de difícil, mas bah...
quero só ver o que estes vampiros vão aprontar com ela e Erik... e beijo na chuva? oh god *-*
continua o/
avatar
Eve F.
Administrador
Administrador

Barra de Respeito das Regras :

Mensagens : 234
Idade : 26

Ficha do personagem
Nome: Marcelle Almeida
Localização: Recife, Brasil
Dinheiro: 750 caps

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chapter 12 - Seduced

Mensagem por Kheyos em Qui Maio 03, 2012 5:07 am

And BAM! o gajo teve o que queria ahah julgava a Tatia mais resistente, mas nao pode ver um rapaz com abdominais que pronto ahah keep going ^^
avatar
Kheyos
Cidadão
Cidadão

Barra de Respeito das Regras :

Mensagens : 214

Ficha do personagem
Nome: Allen James White
Localização: Nova Iorque, Estados Unidos da América
Dinheiro: 0 Caps

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chapter 12 - Seduced

Mensagem por Luffy em Qui Maio 10, 2012 5:13 am

A Tatia não é puta nenhuma... diz o alex.

nãããããõ, que ideia LOL
avatar
Luffy
Administrador
Administrador

Barra de Respeito das Regras :

Mensagens : 300
Localização : Bolha Actimel

Ficha do personagem
Nome: Tobi Moonshaker
Localização: Porto, Portugal
Dinheiro: 1750 caps

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chapter 12 - Seduced

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum